Vontades :: Cotidiano




Vontades que vem, e vão...

As vezes tenho uma vontade enorme de fechar meu blog apenas para leitores aprovados. Vontade de fechar nosso grupo, de controlar quem entra, quem vê, quem lê meus posts, quem se beneficia dos meus vídeos, meus posts, minha tradução, meu trabalho... e que trabalho. Trabalhão. 


Engana-se quem pensa que blogar é coisa de 5 minutos. Gravar leva semanas, editar leva em média 6 à 8 horas (por vídeos de 25 à 20 minutos).

Engana-se quem pensa que traduzir é coisa boba. Levou 3 anos e meio de curso de inglês, mais um estudo dos termos do tricô, conversão de medidas e agulhas, bem como fios, tudo para que traduzir levasse menos tempo. Ainda preciso de ok das autoras americana que gentilmente cedem suas criações na net a zero custo.

Engana-se quem pensa que postar é fácil. Requer várias edições, correção, links, imagens...

Engana-se quem pensa que fotografar as peças é coisa à toa. Eu preciso usar imagens minhas no blog, e para isso preciso fotografar com a luz boa, terminar as peças, editar em programas de edição de imagem, colocar o logo do blog, etc...

Engana-se quem acha que gravar vídeos é zero minuto. Eu preciso estar sozinha em casa em um dia mais silencioso (coisa que nem sempre é o desejo de meus vizinhos). Preciso programar o foco da câmera, sentar por horas, apagar erros, regravar partes, passar o arquivo pro pc, as vezes a bateria acaba e eu preciso recomeçar, editar, cortar, salvar, converter o arquivo, criar legendas, salvar os arquivos, sobrepor no vídeo, buscar musica livre de direitos autorais e colocar no vídeo, e depois upar no Youtube... leva horas.


Tudo isso é disponibilizado de forma gratuita. Assim, simples. A um clique. Envia colaboração (dinheiro) ao blog quem quiser e puder. O intuito é compartilhar. Dividir saberes. Trocar experiências. E no fim do dia eu descubro que a mãe da Maria foi diagnosticada com Parkinson, que a Jany conseguiu tecer sua primeira peça em tricô, que o Renato vai ganhar um sobrinho-neto daqui a dois meses, que fulana estava desempregada e agora ganha um trocado com as peças que faz, que ciclana enfrenta depressão tecendo, alguém isso, alguém aquilo...

Você não entendeu?

Não é só tricô.

Não tenho como fechar meu blog, e fazer o quê vejo por aí e acho tão estranho. Compartilhar de forma fechada. Todo caminho têm pedras, todo jardim têm heras venenosas, mas são as flores, os passarinhos, a grama verdinha, que faz todo o trabalho do jardineiro valer a pena.

Eita que hoje eu acordei inspirada. 
Um beijo flores.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário. Ele será liberado em breve, enquanto isso, continue lendo e comentando os outros posts.

Copyright © 2017 Blog By Day | Caixa Postal 711, Cep 71510-970, Brasília, DF. | Pai abençoe cada pessoa que aqui passar, e faz deste blog um instrumento de amor ao próximo.