segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Xale Triangular :: Receita e Vídeo Aula



Uma receita que alguém me pediu a muuuito tempo, eu gravei antes das férias e agora pude terminar. Xales são ótimas lembranças de tricô, e funcionam grandes ou pequenos. Se você quiser pode tecer a receita com agulhas grossas e fio grosso por exemplo. Essa é uma receita muuuito fácil, se você for iniciante com certeza conseguirá fazer (me avise se você fizer). Vamos à receita?

Materiais:
1 fio de Hobby da Cisne (veio do site Novelândia)
1 fio de Nordic da Cervinia. (veio do site Novelândia)
Agulhas circulares de 80 cm nº 3 (veio do site Novelândia)
Régua e Tesoura (agulha de crochê é opcional).

Tensão:
Um quadrado de 2cm x 2cm tem: 5ptos x 5carrs.

Franjas:
15 cm (se você quiser pequenas)
18 cm (se você quiser médias)
22 cm (Se você quiser longas) 

Medidas Finais:
1 metro de cumprimento x 40 cm de altura.

Coloque 3 pontos. Faça 1 carr em meia.
Todo início de carreira coloque um aumento e siga tecendo em meia.
Repita essa única carreira até a peça ter 40 cm de altura.
Arremate.
Coloque as franjas.

Para melhor explicar como tecer a peça eu gravei um vídeo mostrando como tecer do começo até o fim (incluindo as franjas e o arremate). Eu espero que gostem. Tem mais receitas em vídeo aula aqui!



Um abraço!

Vontades :: Cotidiano




Vontades que vem, e vão...

As vezes tenho uma vontade enorme de fechar meu blog apenas para leitores aprovados. Vontade de fechar nosso grupo, de controlar quem entra, quem vê, quem lê meus posts, quem se beneficia dos meus vídeos, meus posts, minha tradução, meu trabalho... e que trabalho. Trabalhão. 


Engana-se quem pensa que blogar é coisa de 5 minutos. Gravar leva semanas, editar leva em média 6 à 8 horas (por vídeos de 25 à 20 minutos).

Engana-se quem pensa que traduzir é coisa boba. Levou 3 anos e meio de curso de inglês, mais um estudo dos termos do tricô, conversão de medidas e agulhas, bem como fios, tudo para que traduzir levasse menos tempo. Ainda preciso de ok das autoras americana que gentilmente cedem suas criações na net a zero custo.

Engana-se quem pensa que postar é fácil. Requer várias edições, correção, links, imagens...

Engana-se quem pensa que fotografar as peças é coisa à toa. Eu preciso usar imagens minhas no blog, e para isso preciso fotografar com a luz boa, terminar as peças, editar em programas de edição de imagem, colocar o logo do blog, etc...

Engana-se quem acha que gravar vídeos é zero minuto. Eu preciso estar sozinha em casa em um dia mais silencioso (coisa que nem sempre é o desejo de meus vizinhos). Preciso programar o foco da câmera, sentar por horas, apagar erros, regravar partes, passar o arquivo pro pc, as vezes a bateria acaba e eu preciso recomeçar, editar, cortar, salvar, converter o arquivo, criar legendas, salvar os arquivos, sobrepor no vídeo, buscar musica livre de direitos autorais e colocar no vídeo, e depois upar no Youtube... leva horas.


Tudo isso é disponibilizado de forma gratuita. Assim, simples. A um clique. Envia colaboração (dinheiro) ao blog quem quiser e puder. O intuito é compartilhar. Dividir saberes. Trocar experiências. E no fim do dia eu descubro que a mãe da Maria foi diagnosticada com Parkinson, que a Jany conseguiu tecer sua primeira peça em tricô, que o Renato vai ganhar um sobrinho-neto daqui a dois meses, que fulana estava desempregada e agora ganha um trocado com as peças que faz, que ciclana enfrenta depressão tecendo, alguém isso, alguém aquilo...

Você não entendeu?

Não é só tricô.

Não tenho como fechar meu blog, e fazer o quê vejo por aí e acho tão estranho. Compartilhar de forma fechada. Todo caminho têm pedras, todo jardim têm heras venenosas, mas são as flores, os passarinhos, a grama verdinha, que faz todo o trabalho do jardineiro valer a pena.

Eita que hoje eu acordei inspirada. 
Um beijo flores.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Revista Tricô e Crochê :: Scans

Estava aqui limpando o computador e achei esses scans aqui, eles não têm a qualidade muito boa, porém achei bacana compartilhar com vocês. Eu não scaneei a revista, então não sei à quem creditar. Abaixo as imagens e informações a cerca dessa revista. Se alguém souber se estou ferindo algum direito autoral por favor deixe aqui nos comentários. Se você precisar de mais revistas visite esse link aqui. Um abraço.

 SCANS REMOVIDOS!
Oi gente bom dia. Uma leitora achou ruim eu compartilhar a revista ontem (porque ela pagou por ela em algum lugar e depois viu o material gratuito no meu blog). Eu procuro postar apenas revistas que saíram de circulação. Eu então mandei um e-mail à editora e assim que eles responderem eu venho contar o quê fiz. Por enquanto os scans ficam off. Um beijo!

 Revista: Coleção Tricô e Crochê Especial Bebê
Crédito pelos Scans: autor desconhecido.
Editora: Minuano
Ano: 1
Nº: 1

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Laço em Tecido :: Passo a Passo em Vídeo



Bom dia queridos.No post de hoje eu pedi que minha mamusca mostrasse como ela faz os laços em tecido que eu utilizo nos meus sapatinhos. Eles são muito fáceis de fazer e ficam lindos em tudo, decoração de bonecas, sapatinhos, cadernos, tiaras, quadros, no cabelo... ou seja, você utiliza sobras de tecidos para valorizar ainda mais suas peças, e vai por mim, todos adoram.

No vídeo nós mostramos o mini laço, mas o princípio é o mesmo para laços maiores e você pode utilizar tecidos que não são 100% algodão. A cola que é mostrada no vídeo chama-se "Cola Universal, e é da marca Círculo". Fizemos também com cola quente e cola pano e dá certo. Se você não tiver máquina de costura reta, pode tentar fazer a costura do laço à mão, mas para isso você precisa fazer pontos bem pequenos pro efeito não ficar muito rústico.

Não deixe de visitar meu canal no Youtube (e se gostar da aula) de compartilhar, curtir e passar a dica para as cumades. Um abraço!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

50 Fatos Aleatórios :: TAG

Olá meus queridos. Enquanto eu gravo novas aulas (demoram dias para ficarem prontas pois eu teço e vou gravando aos poucos) fiz um vídeo de papo furado. No vídeo eu coloquei 50 fatos aleatório a respeito de mim, e lancei o desafio para a Michelle do site de crochê Crochê da Mimi. O site dela é repleto de receitas e passo a passo de crochê, tudo muito bem explicado, peças de muito bom gosto, eu tenho certeza que vocês vão gostar. Não deixem de curtir o vídeo, e assinar meu canal no Youtube. Um beijo!

domingo, 24 de janeiro de 2016

Lembrancinhas das Férias :: Decoração


Eu voltei de Belém e nesta última semana resolvi aproveitar o ânimo para terminar de organizar meu quarto. Na última reforma, Beto e eu pintamos ele de branco gelo e eu odiei, o branco que eu havia pedido era o neve (esse da foto). Enquanto a reforma anda, eu tirei umas fotos dos quadrinhos e vasinhos que separei para colocar na prateleira improvisada.

Prateleira: A prateleira é na verdade uma pedaço de madeira que eu peguei no lixo de uma casa de móveis. Passei, peguei e reservei. Ela já tava lixada então bastou passar a tinta. Usei um rolinho de pelinhos e um pincel para aplicar a tinta Novacor Extra (sem cheiro nenhum) da marca Sherwin Williams. Ela é acrílica então o resultado fica ótimo com 2 à 3 coberturas. O suporte veio de uma loja de 1 real, e eu preguei com pregos (sim, deveria ter usado parafusos, mas cadê a furadeira?).

Vasos: Eu sou descendente dos índios da ilha de Marajó (até hoje temos uma vila chamada Vila Gomes, localizada ao lado das ruínas jesuítas na Ilha de Marajó - Joanes), além disso, minha mãe é de Icoarací, o local é bem conhecido por ser a fonte de vasos tapajônicos e marajoaras (respectivamente os da foto). Mais do que paixão, eu apenas compre o tapajônico, o marajoara já tinha a alguns anos.



Os Quadrinhos: Na Praça da República em Belém existe uma feira de artesanato ao ar livre. Sempre dou uma passada porque meu tio Vivi vende pequenos anéis de madeira no local a anos, e eu preciso dar um oi. Além disso eu sempre acabo comprando um monte de artesanatos locais para amigos. Dessa vez a decoração escolhida foram pequenos quadros com desenhos de lajotas presentes em palacetes, casarões, ou antigas residências de Belém. São casas de 200, 300 anos, que infelizmente estão caindo aos pedaços após serem tombadas. Achei a ideia ótima, amo lajotas portuguesas e espanholas, e essas foram as que escolhi. Difícil escolher as mais belas, ele tem ótimas peças. Colocar na parede foi fácil pois elas tinham uma espécie de fita banana na parte de trás, então bastou colar e pronto.





A bagunça segue, estou agora preparando quadros com desenhos que eu mesma fiz para fazer um mosaico bem livre na parede. No próximo post eu mostro e conto como fiz. Um beijo e até o próximo post!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Ponto Passado (Corrente) :: Aula e Receita



Oi queridos. No vídeo de hoje tem a receita do Ponto Passado também conhecido como Ponto Corrente. No vídeo tem a receitinha para você ir acompanhando, e aqui por escrito caso você queira imprimir e guardar. Esse ponto fica lindo em peças de bebê ou casacos e sweater. Se você é iniciante pode fazer sem medo que o ponto é bem simples e fácil de memorizar.  Não deixe de curtir o vídeo e assinar meu canal no Youtube para não perder as próximas aulinhas. Um beijo!

Nº de Pontos múltiplo de 3+2
1ª carr: *2t, 1 sem fazer em m* 2t
2ª carr: *2m 1 sem fazer em t* 2m
3ª carr: m
4ª carr: t

Abreviações: explicadas nesse post.
Mais receitas de Pontos: disponíveis aqui.