Aos Aflitos



Caiu? Levanta. Tire uns minutos para chorar, para se descabelar, gritar, surtar.... você é humano, não precisa ficar mantendo a pose o tempo todo. Tire aquele tempo para você se permitir esvaziar o peito. Chore mesmo. Vão dizer para você que isso é ruim, que é fraqueza, mas se você precisar faça isso.

Depois de chorar tudo que precisar, sente. Comece a acalmar sua respiração, vai deixando o ar entrar no seu peito, tome o tempo que precisar novamente para acalmar seu coração, deixe seu batimento cardíaco voltar ao ritmo normal. 

Agora busque dentro de você sua fé. Se você está sozinho (a), lembre-se daquilo que você crê. Não falo apenas de Deus. Se você não acredita em Deus, foque naquilo que você acredita.

Para quem acredita em Deus: erga a cabeça, Jesus nunca fecha uma porta sem deixar uma janela aberta. Você não está vendo agora mas a solução virá. Tem um Deus que nesse instante, senta ao seu lado, invisível, sofrendo junto com você. Ele senta nesse instante do seu lado enquanto você lê essa postagem, caminha com você pelas ruas, pelo hospital, pelos corredores, pelo quarto enquanto você não consegue dormir, e ele sente e sabe tudo que você sente, não precisa explicar, ele sabe. Ele não pode ser visto com esses nossos olhos de ser humano, mas se você fizer silêncio vai ver ele nas coisas simples da vida. No ar que entra em seu corpo, na beleza do vento, no sorriso de um bebê, nos dias bons que temos, na perfeição do universo... determine. Deus não te abandona. Ele hoje te da uma cruz (que pode ser dura, pesada, dolorosa) mas você conseguirá suportar. Quando sentir que tudo está desabando, faça uma prece em silêncio, sinta a presença de Deus lhe abraçando, e quando você terminar sua prece, dê passos firmes, tenha a certeza de que o amanhã será melhor, pois você terá ficado um dia mais forte que foi ontem. Meu livro preferido chama-se "O Pequeno Príncipe" e nele há uma rosa que se faz de forte mas é delicada e frágil que nos lembra que é preciso suportar as lagartas lhe devorando suas folhas para poder apreciar a beleza e companhia das borboletas.

Para quem não acredita em Deus: no começo do meu curso, um professor incrível de filosofia que eu tinha, explicava Nietzsche e o pensamento de ser ateu por instinto. Ele dizia que sem a crença em um Deus, a vida tornava-se mais "crua" mais palpável. O sofrimento e a felicidade seriam todos de nossa responsabilidade. A vida seria algo pesado, com intervalos bons, mas predominantemente triste. Doenças, dor, perdas, problemas financeiros... apenas os artistas conseguiriam criar uma lacuna entre tudo isso e expressariam através da arte toda a dor e felicidade de ser humano. A ideia de um homem que se permitia ser louco, irracional, livre de leis e normas era algo bonito de pensar. Difícil imaginar na prática, já que vivemos em sociedade. Quando um amigo ateu passa por um problema, eu não tenho palavras para dar. Eu busco ouvir o "problema". Falar sobre o problema permite que quem fala, possa se ouvir. Possa colocar para fora e ilustrar a situação problema. Podemos pensar juntos ou separados uma solução. E se não há solução, bem, então não há motivo para perder tempo sofrendo. Meu professor faleceu no semestre passado. Ateu, deixou um legado muito bonito à universidade. Ele conseguia ser uma pessoa admirável porque em momentos bons, ou ruins, mantinha um caráter admirável (sem pensar que estava fazendo o certo, para poder ir para o céu). Conseguia racionalizar, manter a calma e tinha foco e foi um dos melhores professores que eu tive embora 90% dos alunos não gostassem dele como professor, pois ele era o tipo de professor que não agradava alunos, não dava moleza, era ético... algo raro. Seja alguém que você admira. Seja seu próprio fã. Volte-se para você, e busque em você sua força. Você é capaz de modificar sua vida, seu pensamento é uma ótima ferramenta. Amigos, familiares, um cachorro, artes, busque algo que lhe traga paz, tire um tempo para se permitir pensar. Eu estou aqui se você não tem alguém próximo. :)



Este post é para os amigos e aos leitores que eventualmente passam por problemas e me mandam e-mails. O e-mail do blog é: canaldaylandia@gmail.com e se você passa por um problema e precisa desabafar, não pense duas vezes. Você não esta sozinho!  
Em emergências você pode buscar ajuda nas Clinicas Escolas de Psicologia das Universidades Federais, você também pode entrar em contato com a CVV pelo telefone 141.

4 comentários :

  1. Oi,em visita ao blog com intuito de distração devido estar atravessando um problema muito sério de saúde na família, encontro essa postagem que era tudo que eu precisava escutar. Muito obrigada. Um forte abraço a você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, antes de dormir sempre peço que Deus cuide de meus leitores, pode ter certeza que você não leu essa mensagem em vão. Tenha fé minha amiga, o problema de hoje vai passar, não perca sua fé! Um abraço bem carinhoso!

      Excluir
  2. Ótima mensagem!parabéns...ajudou bastante,clariou as idéias.

    ResponderExcluir
  3. Ótima mensagem!parabéns...ajudou bastante,clariou as idéias.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Ele será liberado em breve, enquanto isso, continue lendo e comentando os outros posts.

Copyright © 2017 Blog By Day | Caixa Postal 711, Cep 71510-970, Brasília, DF.