Resposta à Cartinha da Austrália

Print Friendly and PDF





     Eu uma vez por semana vou lá na caixinha do blog e sempre é uma surpresa. As vezes não tem nada as vezes tem coisa. E as vezes tem um pequeno envelope como esse da foto. Eu abri a gavetinha e já fiquei feliz em saber que de fato tinha alguma coisa, mas a surpresa foi o selo vermelho (eu amo selos) com um animal com nome de fruta que eu reconheci na hora. Austrália pensei! 

     Caramba cartinha você viajou pelo mundo todinho, imagina quantas e quantas mãos tocaram esse envelope. E ele tão pequeno fez meu dia tão lindo. Eu deixei para abrir em casa, de forma que pudesse ler na calma do ateliê.

    Alguém não só gosta do blog, mas alguém tirou um tempo para escrever essa cartinha e mandar aqui para o Brasil, é claro que eu não ia abrir de qualquer jeito.

    Pati, eu não vou postar aqui o conteúdo da cartinha, mas eu quero que você saiba (por esse post/resposta) que eu recebi a sua cartinha num dia todo corrido e cheio de cobranças de um lado e do outro. Ela chegou como um abraço de aluno que quando a gente menos espera acontece e a gente para tudo e o dia muda de cor. As pessoas subestimam o poder de um pedaço de papel, o poder de uma palavrinha boa, de um cartão com flores que viajou o mundo inteirinho só pra me dizer essas poucas porém lindas palavras.

     À você o meu também "obrigada" e um abraço enorme aqui do Brasil. Eu nunca tinha recebido uma cartinha da Austrália e essa eu vou guardar com muito carinho no painel do ateliê. Obrigada. 

Nenhum comentário

Obrigada pelo seu comentário. Ele será liberado em breve, enquanto isso, continue lendo e comentando os outros posts.